• Ogro Comunicação

CEPE Stella Maris tem mais 120 dias para negociar com Petrobras

Depois de muitos apelos, a Petrobras suspendeu temporariamente a ordem de desocupação da área utilizada pelo Clube dos Empregados da Petrobras – CEPE Stella Maris. O Clube foi notificado da decisão na terça-feira, 23, e tem agora 120 dias para negociar. O presidente do CEPE Stella Maris, Dejair Santana lembra que o pedido foi realizado pela diretoria do CEPE Stella Maris e pela direção da Federação dos Clubes de Empregados da Petrobras (FCEPE). No dia 16 de novembro, em reunião, as entidades mostraram a importância do equipamento para os associados e para a sociedade baiana, chamando a instituição para um acordo. “Agora teremos mais tempo para negociar. Vamos provar através de documentos e da própria história do clube, construída pelos associados há mais de 34 anos, que o CEPE Stella Maris é dos empregados da Petrobras. É nosso por direito”, comenta Dejair.


Na última terça-feira (16), depois de muita insistência por parte do Clube, prepostos da Petrobras se reuniram com a diretoria e, “por mais de duas horas argumentamos, informamos a situação do clube, os prejuízos que um possível fechamento causaria e só na terça-feira tivemos a posição da empresa prorrogando o prazo para negociação em mais 120 dias. Esperamos agora poder colocar um fim nesta situação que vem trazendo preocupação para os mais de cinco mil associados e a sociedade baiana”, lembra Dejair, informando que os próximos passos é, junto com o setor jurídico do clube, buscar uma reunião com a diretoria da empresa, munidos da documentação necessária e enfim, chegar a um acordo e por fim à polêmica.


6 visualizações